O Dióxido de Titânio é um composto branco brilhante; ele tem sido usado como um corante vital em muitas indústrias por cerca de 100 anos.

Ele proporciona cor e textura a muitos produtos e é amplamente utilizado na indústria alimentícia.

Veja alguns dados:

  • O Dióxido de Titânio é usado há mais de cinco décadas;
  • Ele pode ser usado para dar uma boa aparência para os alimentos e pode ser usado em embalagens de consumo para ajudar a proteger os alimentos da degradação.
  • É pouco solúvel e não é prontamente absorvido pelo corpo; seu uso na alimentação não demonstrou ter impactos negativos para a saúde.

Sendo um material que ocorre naturalmente, o dióxido de titânio usado na alimentação é a forma purificada de um óxido de titânio, o nono elemento mais abundante no planeta.

Conhecido como TiO2 ou em alimentos como corante alimentar E171, está em conformidade com as legislações em vigor, o que significa que não contém substâncias consideradas perigosas para o consumidor.

Em que tipo de alimento o Dióxido de Titânio é usado e por quê?

O Dióxido de Titânio é usado em uma variedade de alimentos, de doces a queijos processados.

Estudos sugerem que os consumidores são mais propensos a comprar e comer alimentos mais brilhantes ou com cores mais vibrantes, pois parecem mais frescos. O TiO2 também adiciona textura aos alimentos e costuma ser usado como um agente antiaglomerante.

Ele também é frequentemente usado para dar uma brancura e opacidade naturais aos alimentos, como sorvete e a cobertura de bolos, ajudando a criar alimentos com uma aparência excelente.

O Dióxido de Titânio de grau alimentício tem uma longa história em ajudar a tornar nossas refeições e lanches esteticamente atraentes. Os fabricantes de alimentos têm usado com segurança em usos aprovados por mais de 50 anos.

O Dióxido de Titânio é seguro nos alimentos?

Sim – quando usado na alimentação, o Dióxido de Titânio não entra na corrente sanguínea e passa pelo sistema digestivo inalterado e não absorvido.

Ele passou por rigorosos testes e classificações europeus, que provaram que não foi detectado que o Dióxido de Titânio persiste ou se acumula no corpo humano ou no meio ambiente.

Um ingrediente alimentar seguro e útil

Uma ampla gama de pigmentos e aditivos são usados ​​para tornar os alimentos mais atraentes para os consumidores.

O Dióxido de Titânio, no entanto, é o corante branco mais eficaz em alimentos – na verdade, é até cinco vezes mais eficiente do que alternativas como sílica ou carbonato de cálcio. Substituí-lo por uma alternativa também pode apresentar perigos novos e não pesquisados.

Ao usá-lo, os produtores de alimentos podem reduzir a quantidade de corante que usam para criar alimentos atraentes e seguros.

A Fuzza Trade atua como distribuidora e agente exclusiva no Brasil, com estoque próprio do produto já nacionalizado ou intermediando negociação direta com o fornecedor. Antes de firmar a parceria, é desenvolvida uma planilha de custos para estudo de viabilidade que proporciona uma visão macro para os clientes e possibilita uma potencialização da parceira.

Em nosso portfólio temos o LA200, um Dióxido de Titânio especialmente indicado para uso na indústria alimentícia.

Entre em contato para conhecer mais sobre as soluções que a Fuzza Trade oferece.